‘É uma responsabilidade muito grande’, diz professor que irá interpretar a figura de São Tiago em 2023

0
22

O dia 15 de agosto de 2022 foi especial para o professor mazaganese Domingos Videira, de 40 anos. Naquela data, ele foi sorteado para interpretar o protagonista da Festa de São Tiago, uma das principais manifestações culturais do Amapá e que, este ano, conta com o apoio de R$ 1,2 milhão do Governo do Estado. 

Tradicionalmente, são sorteados os papeis de São Tiago, São Jorge, Atalaia e Menino Caldeirinha, os cavaleiros nas encenações das batalhas entre mouros e cristãos na vila histórica de Mazagão Velho. Desde que recebeu a responsabilidade de interpretar São Tiago, Videira tem a consciência de que é preciso fazer bonito, pois a missão é dada uma única vez a um membro da Cavalaria do Santo. 

“É uma responsabilidade muito grande, fazer a figura principal. Mas a preparação começou logo depois de ser sorteado, para que tudo saia bem quando o grande momento chegar”, diz Domingos.

O cavaleiro que interpreta São Tiago acaba virando o centro das atenções. No dia 25 de julho, ponto alto da festa, ele cavalga vestido a caráter acompanhado a imagem do Santo sobre o andor durante o Círio pelas ruas de Mazagão Velho. Ele também faz dois juramentos, um na frente da capela e outro na porta da igreja, antes da saída e depois da chegada da procissão, respectivamente.

força da tradição

Em 2023, o “bastão” para interpretar São Tiago foi repassado dentro de uma mesma família. Em 2022, quem interpretou o papel foi Luciano Videira, irmão de Domingos. Na casa deles, os preparativos seguem a todo vapor.

“A alegria em casa é enorme, especialmente para a minha mãe, que há muitos anos faz parte da festa como costureira e também para meu pai, que por muito tempo também foi cavaleiro”, entusiasma-se Domingos.

Tradição fomentada pelo Governo do Estado

Este ano, a Festa de São Tiago completa 246 anos de fé e tradição. Para a realização edição o Governo do Estado fez o repasse de R$ 1,2 milhão; o valor garante a estrutura de palco, cercas de contenção, sonorização, aluguel de cavalos para as encenações, aquisição de material e confecção das indumentárias, incluindo a festa das crianças.

Tradição vinda da África ainda no século 18, a Festa de São Tiago retrata a história de um soldado anônimo que lutou ao lado dos cristãos e garantiu a vitória na Guerra Santa contra os mouros. A festividade mistura as cerimônias religiosas com cavalaria e teatro a céu aberto, encenado pelos próprios residentes da cidade histórica, durante os 13 dias ininterruptos de programação, que acontece de 16 a 28 de julho.

Este ano, através de articulação do Governo do Estado, o tradicional festejo foi incluído no Calendário Nacional de Ministério do Turismo, uma ferramenta on-line que reúne os principais eventos de todo o país.

Notícia retirada do portal do Governo do Amapá.
Link da matéria no portal do Governo do Amapá
Matéria de Gabriel Penha
Fotos de Gabriel Penha/GEA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here