Famílias atingidas por temporal recebem materiais de construção e atendimentos sociais do Governo do Amapá

0
25

Materiais de construção, alimentos e inclusão em programas socioassistenciais foram algumas das medidas adotadas pelo Governo do Amapá para assistências às famílias afetadas por um temporal da madrugada de terça-feira, 23, com ventos que alcançaram cerca de 40 km/h e destruíram telhados nos bairros Araxá, Aturiá, Novo Buritizal e Laurindo Banha.

Equipes da Defesa Civil Estadual e da Secretaria de Assistência Social iniciaram os atendimentos poucas horas após o sinistro e continuam nesta quarta, 24, para os moradores em vulnerabilidade decorrente do temporal. Cerca de 2 mil telhas já foram entregues para reconstrução das coberturas destruídas pela chuva e o vento.

Segundo o secretário executivo da Defesa Civil, coronel Janary Picanço, o levantamento preliminar aponta mais de 140 residências diretamente atingidas nos bairros Araxá, Aturiá, Novo Buritizal e Conjunto Laurindo Banha.

“Estamos em campo dando resposta a esse sinistro. Realizamos a identificação das famílias afetadas, dos danos causados e estamos presentes com a equipe que vai ajudar a fazer os reparos nessas casas”, disse Picanço.

O secretário de Assistência Social em exercício, Hugo Paranhos, destacou o levantamento da situação com cada uma das famílias, que mobilizou a entrega dos materiais de construção, kits de alimentos e inclusão emergencial em programas como o Renda Para Viver Melhor e Aluguel Social.

“Realizamos todo um trabalho de assistência e verificamos os detalhes para atender essas pessoas. Com o cadastro verificamos famílias que necessitavam de amparo com materiais para repor o telhado e outras necessitando de alimentos. Percebemos também que algumas pessoas necessitam de uma assistência melhor e deverão ser inseridas nos programas sociais do estado”, informou.

Um dos moradores do bairro Novo Buritizal que teve a casa afetada foi o aposentado Antônio Fonseca, de 73 anos, que teve o telhado parcialmente danificado pelo vento forte.

“Acordei com os barulhos e observei que as telhas tinham sido arrancadas pelo vento. Mas logo pela manhã a equipe já estava aqui e garantiram que eu iria receber o material para consertar, pois eu não teria condições. Agora estou mais tranquilo”, declarou.

Moradora da Zona Sul de Macapá, Géssica do Rosário, de 32 anos, também teve o telhado parcialmente destruído e, agora, terá a estrutura reconstruída com apoio do Estado.

“Foi tudo muito rápido, o vento era tão forte que saiu levando muito telhas aqui em casa, até alguns móveis foram perdidos devido a chuva. Agora, com essa ação do repasse do material, vamos poder arrumar e para nós é excelente já que nessas horas toda ajuda é bem vinda”, enfatizou Géssica.

Notícia retirada do portal do Governo do Amapá.
Link da matéria no portal do Governo do Amapá


Matéria de Weverton Façanha .Colaboradores: Jamaile Gurjão
Fotos de Albenir Sousa/GEA e Jamaile Gurjão/Assistência Social

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here