Governo do Amapá confirma Falamansa no último dia de festejos do Arraiá do Povo 

0
32

A banda Falamansa vai marcar a despedida do Arraiá do Povo, a maior quadra junina do Amapá. O show acontece no domingo, 2, na área externa da Fortaleza de São José, com entrada gratuita, após mais de uma semana de apresentações de 53 quadrilhas de todo o estado. A novidade foi anunciada pelo governador, Clécio Luís, ainda no sábado, 24, durante a abertura oficial dos festejos.

A banda é famosa em todo o país desde o início dos anos 2000, mas é primeira vez que se apresenta no Estado. O grupo trará um repertório musical cheio de nostalgia, com grandes sucessos como Xote da Alegria, Xote dos Milagres, Rindo à toa, mas também traz novidades, como a música Xote Bom. Pelas redes sociais, o vocalista, Tato, fez o convite para todo o Amapá.

“É uma festa linda que o Governo do Estado do Amapá preparou para vocês e a notícia mais bonita ainda é que dia 2 de julho nós temos um encontro marcado, vai ter Falamansa no Arraiá do Povo, espero vocês lá”, convidou.

 Arraiá do Povo

O evento é gratuito e recebe o maior investimento já feito na quadra junina do Amapá: R$ 2 milhões, articulados pelos senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues, mais contrapartida do Estado. 

Mais do que uma tradição, as festas juninas movimentam toda uma cadeia econômica, gerando empregos diretos e indiretos em todo o Amapá. 

Os dois primeiros dias de evento contaram com apresentações de quadrilhas tradicionais e estilizadas. Nesta segunda, 26, se apresentam os grupos: Pequena Dama, Inspiração Junina, Coração Caipira, Estrela Dourada, Simpatia da Juventude, Revelação e Evolução Junina. 

CONFIRA AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Falamansa

A banda de forró foi formada em 1998, em São Paulo, durante a ascensão do forró na capital paulistana. O grupo é formado por Tato (voz e violão), Dezinho (triângulo e percussão), Alemão (zabumba) e Valdir (acordeão).

Além das canções autorais, o grupo já interpretou sucessos de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, numa mistura de “forró universitário” ou “forró pé-de-serra”, que traz aspectos da música nordestina. 

Vencedor de um Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Regional ou de Raízes Brasileiras em 2014, com o álbum Amigo Velho, o grupo possui 25 anos de carreira e 12 álbuns de estúdio e já vendeu mais de 1 milhão de discos em todo o Brasil.

Notícia retirada do portal do Governo do Amapá.
Link da matéria no portal do Governo do Amapá
Matéria de Rafaela Bittencourt
Fotos de Divulgação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here