Governo do Amapá solicita ao Ministério da Saúde mais 100 mil doses da vacina contra Influenza

0
20

O Governo do Amapá solicitou ao Ministério da Saúde mais 100 mil doses da vacina contra a Influenza. As doses extras vão garantir o reabastecimento do imunizante nos municípios. A procura pela vacina aumentou desde o último sábado, 13, quando o Estado declarou situação de emergência em saúde pública, devido ao surto de síndromes respiratórias.

De acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), o imunizante está previsto para chegar a Macapá, nesta terça-feira, 23. A distribuição para os municípios começa a partir da quarta-feira, 24, conforme agendamento na Coordenação Estadual de Imunização.

“Alguns municípios já entraram em contato com a gente pedindo doses extras da vacina. A ampliação do imunizante para todos os públicos fez com que a procura aumentasse, com isso o governo se antecipou para garantir que não falte vacina no estado”, informou a superintendente da SVS, Margarete Gomes.

Santana já solicitou e receberá 10 mil doses; Porto Grande 4 mil; Vitória do Jari terá 3 mil; Laranjal do Jari pediu 2 mil; Itaubal e Calçoene 1 mil vacinas cada, e Serra do Navio fará a retirada de 400 doses. As demais prefeituras devem solicitar o imunizante no decorrer da semana.

A cobertura vacinal contra o vírus Influenza atinge hoje 47,25% em todo o estado. Mais de 40% das crianças acima de seis meses já foram imunizadas. A meta do Governo do Estado é vacinar pelo menos 90% da população, percentual preconizado pelo Ministério da Saúde.

Segundo a coordenadora de Imunizações da SVS, Maria Angélica Oliveira, após a distribuição da vacina para os municípios, cada um será responsável por executar suas campanhas. A população deve ficar atenta aos locais, dias e horários de vacinação.  

“É muito importante que a população atenda aos chamados e se vacine contra a gripe. Os casos de infecções pelo vírus influenza aumentaram nas últimas semanas no Amapá”, reforçou Maria Angélica.

O objetivo da vacina da gripe é reduzir a circulação do vírus e, consequentemente, o número de hospitalizações e risco de morte devido à gripe, já que a Influenza está relacionada a uma série de complicações como pneumonia e doenças cardíacas, por exemplo.

Quem não pode tomar a vacina da gripe?
Bebês com menos de 6 meses e pessoas que apresentaram reações alérgicas aos componentes da vacina ou às doses dos anos anteriores não podem receber a vacina da gripe.  

A vacina da gripe não pode ser aplicada em pessoas com gripe. Isso se deve à necessidade de evitar que os sintomas da gripe sejam confundidos com os possíveis eventos adversos da imunização.

Notícia retirada do portal do Governo do Amapá.
Link da matéria no portal do Governo do Amapá

Matéria de Mônica Silva
Fotos de Arquivo/GEA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here